TCE


A Prefeitura de Manaus participará do congresso do Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), que acontecerá em Goiânia (GO), no período de 16 a 19/7. A 37ª edição do maior evento de saúde pública do país terá como tema central “O SUS que falta no Brasil”, com o objetivo analisar os desafios e avanços ao longo dos mais de 30 anos do Sistema Único de Saúde no território nacional.

A secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, o subsecretário municipal de Gestão da Saúde, Djalma Coelho, e o subsecretário de Gestão Administrativa e Planejamento, Nagib Salem, participarão do evento, que é fundamental para que gestores e trabalhadores da saúde pública avaliem resultados, compartilhem experiências e alinhem ações para o fortalecimento do SUS.

“O Congresso do Conasems é um evento importante para o aprimoramento do SUS. E para Manaus, que vem mantendo o primeiro lugar nos índices do Previne Brasil, o evento é a oportunidade de mostrar resultados e aprender com outras capitais como melhorar cada vez mais a oferta dos serviços de saúde da atenção básica”, assinala.

O Congresso terá a “Mostra Brasil, aqui tem SUS”, que reunirá 500 experiências exitosas na oferta dos serviços de saúde em todo o território nacional, com a seleção dos melhores trabalhos. A premiação vai ser realizada no dia 18 de julho, no auditório principal do evento.

Outro destaque é a oficina nacional do projeto ImunizaSUS que no período de 17 a 19/7, possibilitará a apresentação das 450 estratégias de fortalecimento das ações de imunização nos territórios municipais.

A Integralidade no SUS será o tema central da abordagem de macrotemas enfocando a atenção básica, tanto de média quanto de alta complexidade, assistência farmacêutica e complexo industrial, vigilância em saúde e outros. Além da mesa central, outras mesas com temáticas diversas acontecerão ao longo da programação dos dias 18 e 19 de julho.

O complexo industrial, mundo educação, mundo econômico, mundo jurídico, mundo legislativo, mundo saúde digital, e três seminários debatendo a integralidade a partir da saúde mental, participação da comunidade, rede Conasems-Cosems e oficina de comunicação em saúde, são temáticas que também compõem a programação.

Foto: Divulgação / Semsa